Florianópolis terá primeiro trecho do Caminho de Santiago de Compostela na América

 

Serão 21 km que complementam o percurso na Espanha, começando em Canasvieiras na Igreja Nossa Senhora de Guadalupe

 O famoso Caminho de Santiago de Compostela, percorrido há séculos por peregrinos de todo o planeta para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, será implantado no Norte da Ilha em Florianópolis. Serão 21 km que complementam o percurso na Espanha passando por igrejas da região. A informação foi publicada pela revista Veja.

Temporada 2018

Canasvieiras Florianópolis

Alquiler de Apartamentos

Alojamiento y Hospedaje

 

É a primeira vez que um país do continente americano tem um trecho oficialmente reconhecido pelos espanhóis. Os idealizadores da novidade são Fábio Tucci Farah e Mariana de Assis Viana Mansur, dois brasileiros apaixonados pelo Caminho de Santiago.

“Em dezembro passado a Catedral de Santiago resolveu rever suas regras e passou a conferir a Compostela [o certificado de conclusão do Caminho] a quem percorrer os 77 km entre La Coruña a Santiago e o restante para completar 100 km em seu país de origem”, disse Fábio.

A rota escolhida começa na Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, em Canasvieiras, depois passa pelas igrejas São Pedro e Nossa Senhora dos Navegantes, e terminando os 21 km de extensão no Santuário Sagrado Coração de Jesus, na Praia dos Ingleses. O caminho pode ser percorrido em um dia, já que o nível de dificuldade não é alto.

“Chegamos a pensar em São Paulo, mas achamos que Florianópolis era ideal. Além da facilidade de acesso, com um aeroporto internacional próximo, a ilha já tem alguns caminhos que são usados como preparação para o de Santiago, além da questão da segurança”, explicou Farah.

Apesar de já ter sido oficialmente reconhecido e integrado ao trajeto histórico desde 27 de abril, só a partir do dia 29 de junho os peregrinos poderão ter suas credenciais carimbadas nas quatro igrejas que fazem parte do Caminho Brasileiro.

Não é preciso pagar nada para fazer o Caminho Brasileiro nem pelos carimbos, que serão concedidos nas quatro igrejas que fazem parte da rota. Mas é preciso comprar a credencial, como se faz quando se percorre o caminho na Espanha. Ela é vendida nas associações de peregrinos por todo o Brasil.

Caminho de Santiago de Compostela

Percorrido por questões de fé, para pagar promessas ou pela própria peregrinação há 12 séculos, o Caminho de Santiago de Compostela fica na Espanha e é composto de diversos percursos que chegam até a cidade de Santiago de Compostela, na Galiza, para venerar as relíquias do apóstolo São Tiago Maior. Para ganhar a compostela é preciso completar pelo menos 100 km (a pé) ou 200 km (de bicicleta/a cavalo), mas os caminhos mais longos chegam a até 800 km de distância.

A história do Caminho remonta ao século 9. No ano de 813 foi encontrada uma urna de mármore com os restos mortais de São Tiago Maior, um dos apóstos de Jesus e irmão de São João Evangelista. Atribui-se a ele uma milagrosa intervenção na batalha de Clavijo. O local em que a urna foi encontrada ficou conhecido como Santiago de Compostelas e desde o século 10 tornou-se destino de peregrinação. O Caminho é um cenário de grande riqueza histórica, arquitetônica e cultural. Em 1962 a Unesco atribuiu ao Caminho o título de Conjunto Histórico-Artístico e, em 1992, o título de Patrimônio Histórico da Humanidade à cidade de Santiago de Compostela.

Os números do Caminho de Santiago

O número de peregrinos aumenta a cada ano. Em 2016 passaram pelo Caminho 277.910 pessoas. Em 2010, o número foi próximo: 272.135 pessoas. Mas 2010 foi um “ano santo”, definido quando o dia 25 de julho, Dia de Santiago, cai em um domingo.

Em 2016, 143.504 peregrinos foram homens e 134.406 foram mulheres. Apesar de ainda representarem menos da metade dos peregrinos, as mulheres têm elevado seu percentual de participação. Em 2016 representaram 48,36%, em 2014 foram 47,07% e, em 2014, 46%.

A maioria dos peregrinos (91%) realiza o caminho a pé, enquanto 8% o fazem de bicicleta, 0,3% a cavalo e 0,04 de cadeira de rodas.

55% dos peregrinos têm entre 30 e 60 anos; 27% tem menos de 30 anos; e 18% tem mais de 60.

Até 2011, a maior parte dos peregrinos era de espanhóis. Essa lógica inverteu-se nos últimos anos e, em 2016, 55% dos peregrinos eram estrangeiros, dos quais 1,5% (4.365) foram brasileiros.

 

Summary
Florianópolis terá primeiro trecho do Caminho de Santiago de Compostela na América
Article Name
Florianópolis terá primeiro trecho do Caminho de Santiago de Compostela na América
Description
O famoso Caminho de Santiago de Compostela, percorrido há séculos por peregrinos de todo o planeta para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, será implantado no Norte da Ilha em Florianópolis. Serão 21 km que complementam o percurso na Espanha passando por igrejas da região.
Author
Publisher Name
Fullfloripa
Publisher Logo